Categorias



Festival de música está terminando, mas vai continuar vivo em Jaraguá

26/01/2018 - Publicado por: Clarissa Borba - Categoria: Cultura - Tags: femusc jaragua 2018

“Quando a cortina se fecha no último concerto do Femusc, toda a experiência vivenciada fica aqui. E é  multiplicada em aulas, ensaios, apresentações”. A declaração é do presidente da Scar, Gilmar Moretti, que enfatiza o legado deixado para Jaraguá do Sul pelo maior festival de música de Santa Catarina. O Femusc acontece há 13 anos no município, tem como palco principal a Scar e consiste em uma maratona musical com aulas e apresentações de alguns dos maiores nomes da música erudita no mundo. Neste ano reuniu talentos de 21 países. O festival iniciou no dia 14 de janeiro e termina neste sábado, dia 27.

O jaraguaense Natanael Rodrigues (foto), 15 anos, está encantado com tanto conhecimento. Participando pela terceira vez do Femusc para se aprofundar nos estudos do violino, ele declara que o festival o faz estudar cada vez mais, com o objetivo de se aproximar do nível dos outros alunos na próxima edição. “Percebo que alunos mais novos que eu têm mais técnica, mais estudo, mais domínio. Fico observando alguns meninos colombianos e admiro como eles tocam. Vou estudar mais, para chegar mais próximo deles”, propõe-se Natanael. O estudante estuda violino há oito anos. Começou a tocar na igreja, participou do projeto Música Para Todos da Scar e hoje é integrante da Orquestra Filarmônica da Scar.

A jaraguaense Ana Luísa Rosália Kazmierski (foto, segunda violinista), 15 anos, conta que nesta edição do Femusc ela corrigiu a postura ao tocar violino. Com ombros relaxados e coluna mais ereta, a música flui melhor, conta a violinista. Ela contou com o conhecimento e técnica de alguns dos maiores professores de violino do mundo, o argentino Norberto Garcia e a americana Clara Takarabe. “Com esse festival, Jaraguá cria mais interesse pela música. E isso é muito bom”, avalia Ana Luísa, que participou do Requiem de Mozart no Grande Concerto de quarta-feira (24), inclusive com canto. Essa foi a quinta vez que a violinista participou do Femusc, mas a primeira vez que participa no Femusc Intermediário (após o Femuskinho e o Femusk Jovem).

Tanto Natanael quanto Ana Luísa prestigiaram os ensaios do Grande Concerto desta quinta-feira (25). Uma das tantas apresentações que emocionaram o público que lotou o Grande Teatro da Scar - na noite que homenageou os patrocinadores e apoiadores do evento - foi o Oboé de Gabriel, de Ennio Morricone, executado pelo oboísta Gordon Hunt, juntamente com a Orquestra Filarmônica Femusc Jovem (foto). É do oboísta a gravação original da música que foi trilha sonora do filme “A Missão”.     


Apoio institucional

A Prefeitura de Jaraguá do Sul é parte integrante do apoio institucional dado ao Femusc. Frota de veículos e motoristas para transporte dos alunos e professores, alojamento em duas escolas municipais e uma enfermeira para atendimento aos participantes fazem parte da equipe oferecida pela prefeitura ao Femusc.



Confira mais informações sobre o Femusc em www.femusc.com.br

Crédito das fotos de Natanael e da orquestra: Maykon Lamerhirt/Femusc
Crédito da foto de Ana Luísa: Marcelo Luis/Femusc

 




Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000